13/11/2017

Seis dicas do google para bombar campanhas na Black Friday

Autor/Fuente:
Núcleo de estudos e negócios do varejo ESPM

Fila de black friday na Target, segunda maior loja de departamento dos EUA
Fila de black friday na Target, segunda maior loja de departamento dos EUA

A Black Friday se consolida no Brasil como a segunda data mais importante do comércio on-line, perdendo apenas para o Natal. Para 2017, a expectativa é de crescimento de 20% nas vendas em relação ao ano anterior. A estimativa é do Google, que também prevê movimentação dez vezes maior do comércio eletrônico que a registrada em um dia comum.

O especialista em estratégias digitais do Google Fernando Pedroso listou seis dicas de campanhas para fazer bombar o e-commerce durante a data. É fundamental lembrar que os anúncios no Google podem levar até 24 horas para serem aprovados, portanto, é preciso definir a estratégia de AdWords com antecedência para não perder a oportunidade.

As dicas são:

1. Não seja moderado na comunicação de suas ofertas

As vendas on-line crescem ano a ano no Brasil e isso faz com que algumas empresas confiem apenas no crescimento do setor para fazer bombar suas promoções, mas o fato é que é preciso trabalhar ofertas especiais com estratégias de divulgação. É fundamental que os consumidores sejam impactados intensamente pela oferta.

2. Trabalhe seu feeling para entregar a mensagem certa na hora certa

A capacidade de entregar a mensagem certa para os consumidores em um momento específico é essencial. Por isso, é importante saber trabalhar as listas de remarketing de pessoas que já estiveram no seu site ou já compraram na sua loja on-line e fazer anúncios direcionados para elas. Para que as listas estejam prontas e populadas (quando os usuários entrarem na página), o ideal é a começar a partir de agora!

3. O Google Shopping é seu melhor amigo na hora de vender

Além de ter cliques, em média, mais em conta que uma campanha de anúncios de texto, a campanha de Shopping é importante para e-commerces de todos os segmentos. Por meio dela, é possível chamar atenção para seus produtos, suas características e seus preços. Por isso, certifique-se que o seu feed esteja 100% correto e que não haja nenhum tipo de reprovação dos produtos principais.

4. Antecipe o planejamento e não deixe nada para a última hora

Com as ofertas definidas previamente, é possível pensar na estratégia da estrutura das campanhas e até criar um feed com o atributo “sale price” (para evitar dor de cabeça de última hora). Desta forma, os preços promocionais estarão em evidência e você vai ter campanhas divididas por categorias, marcas ou níveis de produto, dependendo da estratégia adotada.

5. Separe uma verba a mais para investir na Black Friday

Dê o devido destaque ás promoções com uma verba mais gorda que a empregada geralmente. A demanda na Black Friday vai aumentar e o empreendedor precisa competir pela atenção com a concorrência. Os anúncios precisão ser potencializados para atingir o maior número de clientes.

6. Aposte em campanhas específicas para a  a Black Friday

Não recicle campanhas. Muitas pessoas estão curiosas para ver o que as marcas têm preparado para a data. É importante criar campanhas novas na rede de pesquisa com os termos sazonais relacionados a seus produtos e serviços. Por exemplo, se você vende eletrônicos, as pessoas podem procurar por “Notebook Black Friday”, “Celulares Black Friday” ou até mesmo “Eletrônicos Black Friday”. Se tiver promoções imperdíveis para essas categorias, é essencial imprimir seus anúncios para essas buscas!